24 de junho de 2015



147.


de que outro jeito
lhe acompanharia, a ave?
Não no peito,
na gaiola, cabe.
 
 

Postar um comentário